Crítica: Sempre ao Seu Lado

Crítica – Sempre ao Seu Lado (Hachiko: A Dog’s Story): Emocionante enredo. Se você gosta de cachorros, é ainda mais especial. Baseado em fatos, é sobre uma amizade incrível entre um Akita abandonado e o homem que o adota, interpretado por Richard Gere. O cão fiel, batizado de Hachiko, acompanha seu amigo todos os dias pela manhã, de casa até a estação de trem, e novamente a tarde, vai encontrar o dono quando ele volta.

Crítica: Adrenalina 2

Crítica – Adrenalina 2 (Crank: High Voltage): Tá tá tá. Eu sei que era pra ser um filme trash. Talvez eu tenha odiado porque eu odeio filmes trash, em sua maioria. O fato é que o filme é muito ruim. Bizarro, nonsense, ridículo. Chame como quiser. Pra mim é lixo. Jason Statham se queimou, em minha opinião. Assim como a belíssima Amy Smart.

Crítica: Salt

Crítica – Salt (Salt): Aventura e ação do tipo 007 ou Missão Impossível, mas com uma importante diferença: o espião super treinado aqui é uma mulher. Estrelado pela bela Angelina Jolie, o filme reúne diversos elementos que fazem um bom filme de espionagem: EUA x Rússia, traições, lutas, muitos tiros e várias reviravoltas no enredo. Diverte!

Crítica: Nine

Crítica – Nine (Nine): Musical com um elenco de dar inveja, mas com enredo absolutamente fraco. Confesso que é difícil eu gostar de um musical, mas Nine dá muito sono. O que não deixa dormir são as beldades que contracenam com Daniel Day-Lewis: Marion Cotillard, Penélope Cruz, Kate Hudson, Nicole Kidman e Stacy Ferguson (a Fergie do Black Eyed Peas), além das veteranas Sophia Loren e Judi Dench.