The Flecktones

Béla Fleck & the FlecktonesEssa é imperdível: estão vindo ao Brasil Béla Fleck & the Flecktones, ganhadores do Grammy por cinco vezes, inclusive no último domigo, dia 11 de fevereiro, pelo melhor álbum de jazz com seu último disco, Hidden Land.

A banda mistura ritmos (folk, bluegrass, jazz e blues) e instrumentos (acústicos e eletrônicos) para obter uma sonoridade única, com talento de sobra. O líder é o novaiorquino Béla Fleck, banjoísta virtuoso, que com seus companheiros Jeff Coffin (saxofone) e os irmãos Victor Wooten (baixo) e Roy “Future Man” Wooten (percussão).

A apresentação da banda acontecerá na terça-feira (diazinho ruim, né?), dia 20 de março, no Auditório Ibirapuera, em São Paulo, SP. Entradas já estão a venda online pela Ticketmaster por R$ 30,00, sendo que estudantes podem pagar meia-entrada — quase de graça!

Continue reading…

A crença dos motoqueiros

Live By ItA Harley-Davidson lançou uma campanha publicitária bem legal há alguns meses. Veja o filme aqui.

No filme narra-se a “crença dos motoqueiros”, segundo a lendária fabricante (veja o texto abaixo). No site acima ainda há alguns downloads interessantes, como papéis de parede ou protetores de tela para o computador. Há também uma área onde pode-se enviar as suas crenças (relacionadas com motocicletas, claro). Mas texto narrado no filme resume bem o espírito dos motociclistas:

Continue reading…

Relação de Lula com Hitler

Nazismo e o FuscaPois é, você nào imaginava essa, né? Tá bom, talvez imaginasse…

Mas é verdade: há uma relação entre nosso ilustríssimo presidente Luíz Inácio Lula da Silva com o ditador nazista austríaco do século passado, Adolf Hitler.

A ligação entre os dois líderes é Ferdinand Porsche, empresário e engenheiro automotivo, também austríaco.

O que acontece é que durante a ascenção de Hitler ao poder da Alemanha, era de interesse do nazista produzir um automóvel barato, que o povo pudesse comprar. A Alemanha um baixo número de carros por habitante: cerca de 200:1. Se comparado com outros países da época. Para isso, foi recrutado o Sr. Porsche, que deveria projetar um carro que atendesse as exigências de Hitler:

Continue reading…

Heróis

HeroesQuem ainda não conhece a série de TV americana Heroes está perdendo um ótimo show.

Foi meu irmão quem me apresentou ao programa, criado por Tim Kring e exibido na rede NBC, e de lá pra cá fiquei ligadão. Ótimos personagens, um roteiro muito bem elaborado. Tem todo um estilo de “gibi” que atrai quem gosta de ficção e ação.

O seriado tem também um apelo psicológico na minha opinião: quem não sonhou em um dia acordar e perceber que é especial; que pode voar; que tem força sobre-humana, etc? É uma história que lembra a dos X-Men, de Stan Lee e Jack Kirby, da Marvel Comics: pessoas comuns que tem uma alteração genética que lhes proporciona algum tipo de habilidade sobre-humana.

Continue reading…

Rescisão

GigiTem coisas na vida que são muito chatas de se fazer, mas tem que ser feitas. Por exemplo: ir ao dentista. Quem gosta de ir ao dentista? Mesmo assim, tem-se que fazer de vez em quando.

Outro exemplo de coisa chata é mandar um funcionário embora, demitir. Especialmente quando você acaba virando amigo da pessoa – é complicado. Mas às vezes temos que fazer.

Ontem tivemos que rescindir o contrato de um de nossos funcionários, simplesmente porque a demanda pelo trabalho que ele realizava está se esgotando. Pessoa boa, esforçada, mas tivemos que deixá-la ir.

Sentiremos saudades, Gigi. Boa sorte na vida nova.

Trabalho sujo

George, O SolitárioA revista Superinteressante deste mês traz um artigo entitulado “Resta Um”, sobre uma tartaruga-gigante da ilha de Pinta, uma das Galápagos. O nome do bicho é George, em homenagem ao ator americano George Gobel, mas ele é mais conhecido como Solitário George (Lonesome George, em inglês).

George é o último de sua subespécie, Geochelone nigra abingdoni, por isso pesquisadores estão tentando fazer com que a tartaruga se reproduza, mesmo que com fêmeas de outras subespécies, para que não seja completamente extinto.

Continue reading…

Pandora – música pra você

PandoraSe você ainda não conhece, acesse Pandora. É uma “rádio virtual” que toca apenas músicas que você gosta.

Funciona assim: você indica uma música ou artista que você gosta e o site toca músicas similares. Você vai refinando a seleção, indicando se gostou ou não da música que está tocando e o site vai aprendendo.

O site é baseado num projeto batizado de Music Genome, no qual mais de dez mil bandas e músicos foram estudados e classificados com base em harmonia, rítimo, melodia e outras características, que o projeto chama de genes, num esforço similar ao Projeto Genoma Humano.

Já encontrei várias bandas legais, das quais nunca antes havia ouvido falar. É muito legal!

Bagunça

Calma, calma. O site ainda está bem bagunçado. Tá começando, pô. Em breve vou tentar traduzir tudo que está em inglês e arrumar a casa. “Grato de sua compreensão, peço desculpas por qualquer inconveniência que possa ter causado.” :-P

asterisko no ar

Olá povo. Este é meu novo site na internet. Um lugar pra eu falar o que penso, do jeito que quiser, sem ninguém pra me censurar.

Em breve, muitas novidades. Aguardem!